Gesso

O gesso em pó é obtido a partir da gipsita. Assim como o cimento, deve ser misturado com água para ser utilizado e, após certo tempo, adquire resistência.

Ele tem sido cada vez mais utilizado na construção civil. Isso porque:

– é facilmente moldável, podendo ser utilizado em acabamentos com efeitos decorativos, como molduras e sancas;

– tem boa aparência, dispensando a necessidade da massa corrida na pintura;

– tem boa aderência ao concreto e à alvenaria, dispensando o uso do chapisco;

– tem tempo de cura e aplicação menor que o da argamassa comum, tornando a obra mais rápida.

– tem menor custo, em geral, que a argamassa comum.

No entanto, alguns cuidados devem ser observados: o gesso não deve ser utilizado em áreas externas, pois pode dissolver em contato com a água (em áreas úmidas, sua proteção é suficiente para permitir a utilização); a espessura de aplicação deve ser pequena, de modo a evitar trincas; como tem baixa resistência a impactos, não deve ser utilizado em áreas de circulação intensa de pessoas e cargas.

    O gesso cola é uma cola em pó, à base de gesso aditivado, que serve para colar peças em gesso. É encontrado em pó e deve ter água adicionada para que fique na consistência ideal para ser utilizado.

    Ele é utilizado sempre que se faz necessária a união de peças em gesso, como placas, sancas, detalhes de rebaixamento, blocos, etc.

    Assim, suas principais vantagens são:

    – facilidade de utilização,

    – redução de desperdícios,

    – rapidez na execução do revestimento, tanto de paredes, quanto de tetos,

    – melhoria no acabamento final